terça-feira, 4 de maio de 2010

Dia das Mães

Os alunos do 7º ano , na aula de Língua Portuguesa, na Informática, bastante inspirados, escreveram poesias em homenagem às mães.

Mãe, você é tudo

Dizem que mulheres são todas iguais,
Mas existe uma coisa que diferencia todas elas,
O amor que elas têm para nos dar,
Por isso temos que celebrar,
Nossa existência,
Que de verdade, você, mãe, é o fruto da nossa sobrevivência.

Todas às vezes que te vejo, penso
Você é o meu sonho, meu exemplo
Não só como uma amiga, e sim como um amor de uma vida.

Todos os dias, você nos ilumina
Com apenas um abraço,
Mas demonstrando muita alegria.

Quando nasci, olhei para você e senti
Uma vontade de te pedir,
Que me guarde dentro do seu coração
Como uma chama, ardente na paixão.

Hoje me sinto a melhor pessoa do mundo,
Por ter você como o meu porto seguro,
E você para mim é como um muro,
E que nada te derruba,
Sendo um elogio ou um insulto.

Mãe, te amamos.

Letícia e Thaís.


Dia das Mães.

No dia das mães vou celebrar
E a ela vou agradar,
Com essa poesia
Vou lhe encantar.

Você é meu exemplo de vida
Sempre com carinho e amor por mim
O seu amor é sem fim.

Não existe ninguém melhor do que você
Não sei o que falar sobre você
Uma pessoa com tantas qualidades
Não tem o que dizer.

Você é a melhor pessoa para mim
Meu amor por você é sem fim,
Sua beleza é o sol do meu dia
Tu és minha alegria.


Gabriel & Luís Felipe


O Trabalho mais feliz é o de ser Mãe.

Mãezinha do meu coração você é o “CIMENTO” do meu chão.
Como o chão precisa de cimento, eu preciso de você para existir.
Você torna nossas vidas mais fáceis,
E faz com que nos sintamos bem, mesmo quando estamos muito mal.

Você me alimentou ainda no seu ventre,
e agora trabalha duro para me alimentar aqui fora.

Às vezes eu reclamo,
Mas você sabe que EU TE AMO.

Ser uma mulher é diferente de ser MÃE,
pois ser mãe faz com que você veja o que sua mãe passou.
Você sabe agora que ela teve muito desespero,
Mas também sabe que foi para o seu bem,
Porque ela te ama.

Rimar é quando tentamos juntar palavras parecidas,
Mas tentando rimar uma poesia pra você,
Percebi que você é única e não há nada parecido.

Como falei no começo,
Preciso de você para existir,
Mas na verdade, eu existo por sua causa.

Ariel, Paula e Gabriela.

Nenhum comentário: